A importância da água, tenha esse costume saudável!
24 de junho de 2016
Show all

Os benefícios de uma Alimentação Saudável

Para uma vida saudável ter uma alimentação saudável equilibrada é primordial, existindo algumas vitaminas e nutrientes essenciais ao organismo humano que somente são adquiridos através da ingestão de alimentos. Uma alimentação saudável vai além de cortar pão, açúcares, sal e guloseimas, ela deve possuir alimentos de diferentes grupos alimentares como vitaminas, grãos, proteínas e fibras, sendo essa variedade de alimentos importante para o corpo. Consumir diariamente frutas, legumes e verduras favorece uma vida mais saudável e livre de doenças, fora que quem se alimenta adequadamente tem mais disposição para realizar as atividades diárias e tem uma melhor autoestima.

  1. Alguns dos benefícios da alimentação saudável:
  2. Evita doenças, como câncer, diabetes, osteoporose, anemia, etc;
  3. Melhora a autoestima, o humor, combate a depressão e os efeitos do estresse;
  4. Fortalece o sistema imunológico e reduz o risco de infecções;
  5. Ajuda contra o envelhecimento precoce, e melhora a circulação.
  6. Aumenta a energia e reduz o cansaço;

Existem oito grupos alimentares que precisamos, obrigatoriamente consumir, para mantermos uma boa saúde física e uma dieta alimentar equilibrada, são eles: Cereais, Hortaliças, Frutas, Leguminosas, Leites, Carnes e Ovos, Açúcares e Óleos.
1. Cereais: São considerados a principal fonte de energia para o organismo e devem ser consumidos em maior quantidade , de 5 a 9 porções/ dia. Formam a base da Pirâmide Alimentar, constituído pelos alimentos ricos em carboidratos, como arroz, trigo, milho, aveia, macarrão, farinhas, pães , tubérculos e raízes (mandioca , batata e inhame), etc. Dê preferência para os produtos integrais pois, contem uma maior quantidade de fibras, dando maior saciedade, e ajudando na digestão.
2. Hortaliças: Vegetais folhosos e legumes, são alimentos fáceis de encontrar a baixo preço, ricos em minerais, vitaminas e fibras, nutrientes que possuem funções reguladoras e são indispensáveis ao organismo. Junto com as frutas, formam o segundo nível da pirâmide e devem ser consumidos em maior quantidade, de 4 a 5 porções/ dia, e , preferencialmente crus ou cozidos no vapor.
3. Frutas: São alimentos reguladores, ricos em fibras, vitaminas e minerais. Devem ser consumidas 3 a 5 porções de frutas diariamente. Contêm substâncias antioxidantes, que combatem os radicais livres, ajudando a retardar o envelhecimento das células do organismo, fibra dietética, que ajuda na redução do risco de câncer de intestino, e muita água.
4. Leguminosas: Ricas em proteínas, fibras e carboidratos, recomenda-se a ingestão de 1 ou 2 porções de leguminosas diariamente.
5. Leites e derivados: Rico em proteínas, o leite também fornece cálcio, magnésio e vitaminas do complexo B, devendo ter lugar cativo no dia a dia de crianças e gestantes, principalmente, recomenda-se a ingestão de 3 porções/ dia. A grande variedade de laticínios oferecida no mercado pode confundir algumas pessoas, então, quando for comprar leites ou derivados, observe com atenção os rótulos, observe a quantidade de calorias, gorduras, sódio, o tamanho da porção e a data de validade.
6. Carnes e ovos: O grupo das carnes e ovos tem alimentos ricos em proteínas de fonte animal, ferro, zinco e vitaminas. Também são alimentos que contêm grande quantidade de gorduras saturadas e colesterol, o que torna o consumo restrito a 1 ou 2 porções por dia. O ferro presente nas carnes é absorvido com maior eficiência pelo nosso organismo, por isso não é aconselhável retirar este grupo alimentar da dieta.
7. Óleos e gorduras: No topo da Pirâmide Alimentar, o Grupo de Óleos e Gorduras é composto por alimentos bastante calóricos, que devem ser consumidos com moderação, de 1 a 2 porções/ dia.  Óleo e gordura se diferenciam pelo estado físico: óleos são líquidos e gorduras são sólidas. É importante lembrar que, como o óleo já é utilizado durante a preparação de alguns alimentos e está presente naturalmente em alimentos de outros grupos (carnes e leites, por exemplo), o consumo de porções dos alimentos deste grupo é muito restrito. A gordura trans, também conhecida como gordura hidrogenada, é obtida através do acréscimo de moléculas de hidrogênio a óleos vegetais, alterando a sua configuração e dificultando o seu metabolismo pelo fígado. É considerada o tipo de gordura mais nocivo à saúde, e deve ser evitada ao máximo.
8. Açúcares e doces: No topo da Pirâmide Alimentar, junto com Óleos e Gorduras , são alimentos que devem ser consumidos com moderação, de 1 a 2 porções de cada grupo/ dia, já que são fontes de energia e muito calóricos. Recomenda-se evitar acrescentar açúcar aos alimentos preparados e o consumo de doces deve ser feito com moderação. É fácil encontrar no mercado produtos com açúcar reduzido, fique atento aos rótulos dos alimentos e substitua, sempre que der, os produtos açucarados pelas versões light.
É importante ainda lembrar que mais de 2 bilhões de pessoas no mundo são afetadas pelo baixo peso (subnutrição) e a mesma quantidade, em média, é afetada com sobrepeso ou obesidade. E a OMS – Organização Mundial da Saúde estima que mais de 2,5 milhões de pessoas morrem por doenças relacionadas à obesidade, atualmente causando mais mortes que a fome. A falta de tempo da sociedade industrializada combinada com as facilidades do fast-food, fazem com que boa parte da população opte por esses produtos prontos que contem elevada quantidade de gordura, açúcar e sal. Criam-se assim pessoas obesas e com deficiência nutricional, já que não ingerem quantidades suficientes de vitaminas e sais minerais. Estar atento ao que você ingere é um a forma de manter a saúde em dia e garantir longevidade.